Como comer bem e melhor? Para ajudar os jovens a responder a essa pergunta, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) reuniu na quinta-feira (6), cerca de  50 adolescentes e multiplicadores de diferentes comunidades do Rio de Janeiro. Meninos e meninas participaram de um workshop sobre alimentação saudável. Evento aconteceu na Biblioteca-Parque, no centro da capital fluminense.

Oito porcento das crianças brasileiras de até cinco anos e 10% dos jovens de cinco a nove anos estão acima do peso para a idade. O sobrepeso e a obesidade são frequentemente identificados em todos os grupos de renda em todas as regiões brasileiras. No Rio de Janeiro, a taxa é de 9% entre as crianças de até 5 anos e de 13% na faixa de 5 a 9 anos, segundo dados oficias de 2017.

A atividade desta semana no Rio faz parte do projeto “Comer bem e melhor: promovendo alimentação saudável entre crianças e adolescentes”, desenvolvido pela agência da ONU por meio da Plataforma dos Centros Urbanos. A iniciativa tem a parceria estratégica da Amil e cooperação técnica do CEDAPS.

Realizado também em Recife e Manaus, o projeto tem como objetivo mobilizar adolescentes para que reflitam sobre sua alimentação. A partir daí, os participantes vão construir coletivamente conteúdos e estratégias para engajar outros jovens e replicar os debates.

Durante o workshop os participantes circularam por diferentes estações temáticas sobre rotulagem de alimentos, comida in natura e ultraprocessada e teor de açúcar dos alimentos. Os adolescentes também receberam informações sobre feiras orgânicas e receitas regionais.

Fonte: ONU BR