Agrobiodiversidade é o conjunto de espécies da biodiversidade utilizada pelas comunidades locais, povos indígenas, quilombolas e agricultores familiares, e vem se constituindo em importante estratégia para segurança alimentar e nutricional, bem como o uso sustentável das espécies nativas vem contribuindo para a conservação dos diferentes ecossistemas (BRACK et al., 2007).

O Comitê Gestor do Plano Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica (Pleapo-RS) apresenta no dia 30 de agosto, quinta-feira, o  “Espaço da Agrobiodiversidade”, na Expointer 2018. A atividade integra as ações da 2ª diretriz do Plano, que visa reconhecer e valorizar a agrobiodiversidade local. O objetivo é mostrar para o público da feira produtos procedentes da agrosociobiodiversidade, com palestras, oficinas e mostra de sementes crioulas e mudas de espécies nativas do Rio Grande do Sul.

PROGRAMAÇÃO:

PERÍODO DA MANHÃ:
– Mostra de Sementes Crioulas.
– Sementes Crioulas: a importância do uso das sementes próprias para conservação da agrobiodiversidade e manutenção dos conhecimentos tradicionais da agricultura familiar e dos povos tradicionais.
– O resgate das sementes crioulas nas famílias dos estudantes da Escola Família Agrícola (EFA Santa Cruz).
– O Programa Sementes Banrisul: apoiando a produção de alimentos orgânicos produzidos pela AF e povos tradicionais.
– O uso das sementes próprias na produção de alimentos orgânicos pelos produtores da RAMA (Associação dos Produtores da Rede Agroecológica Metropolitana).

PERÍODO DA TARDE:
– Certificação em Sistemas Agroflorestais (SEMA).
– “Extrativismo sustentável de espécies nativas: renda para agricultura familiar e alimentação mais saudável para a população urbana”: – OPAC RAMA (Associação dos Produtores da Rede Agroecológica Metropolitana) e Encontro de Sabores
– Ações de Promoção da Agroecologia do Instituto Federal do Rio Grande do Sul – IFRS.

Local: Sala de concursos do Pavilhão da Agricultura Familiar – Expointer.
Horário: das 8h 30 min às 18h