Um novo estatuto dá acesso a vários benefícios para incentivar a produção entre os pequenos produtores rurais portugueses, naquele país. Entre tantos, terão acesso prioritário aos fundos comunitários, regime simplificado para o licenciamento das unidades de produção relacionado à higiene e segurança alimentar. Eles esperam atingir cerca de 40% dos agricultores portugueses que seria em torno de 100 mil.

 

Mais detalhes no link : http://redesialbrasil.blogspot.com/2018/07/estatuto-da-pequena-agricultura.html