O forte frio da manhã da capital gaúcha não desanimou a participação do público ávido por debates e informações sobre o tema da alimentação e saúde. No auditório quase lotado do Salão de Atos da UFRGS, em Porto Alegre, participantes estavam atentos  a resultados de pesquisas acadêmicas e mais conhecimento. Dados que são sempre  bem vindos ao  público que necessita de clareza para que este possa formar suas opiniões e fazer suas escolhas.

O evento trouxe, nesta edição, o debate sobre a importância de limitar o uso de ultraprocessados na alimentação. O tema vem ganhando destaque quando a reflexão e o debate se voltam para a relação com a saúde. Universidades, entidades e organizações tem desenvolvido estudos, pesquisas e projetos para que dados e informações estejam disponíveis à sociedade.

Os temas sobre  importância da alimentação saudável e da atividade física foram apresentados por diferentes especialistas em uma mesa-redonda multidisciplinar, com professores e pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC) e do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Em outra  mesa-redonda foi debatido sobre um tema polêmico e atual: Conflito de interesses em alimentação e nutrição: você já pensou como isso afeta você? 

O programa do encontro apresentou também, outras palestras acerca de temas atuais, oficinas e a Tenda da Rotulagem, que trouxe o modelo de rotulagem nutricional proposto pelo INDEC à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e apoiado pela Aliança e pelo Núcleo.

Fonte: UFRGS PROEXT

 

Saiba mais em

http://alimentacaosaudavel.org.br/

https://idec.org.br/

https://www.ufrgs.br/quemquerbrincar/

 

A seguir um clipe da animação premiada que foi produzida pelo estúdios da Pixar. O filme foi exibido na palestra da nutricionista e professora Tânia Ramos Fortuna que falou sobre  ação educativa com amor e alimentação das crianças.

https://www.pixar.com/piper#piper-main

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rosal teve a colaboração da engenheira agrônoma Agda Ikuta.