O Grupo de Agroecologia Gaia, da Uergs/Cachoeira do Sul, RS, promoverá de 11 a 13 de abril a primeira edição da sua semana de Agroecologia. Serão três dias de atividades com certificado de conclusão aos participantes.

O evento é aberto à comunidade e a programação apresenta  palestras e troca de experiências sobre temas como sementes crioulas, sistemas de produção agroflorestais e cadeias produtivas do alimento artesanal.

Os participantes poderão, também, visitar  uma mostra de sementes crioulas, de artesanato e de produtos da agroindústria local no saguão do auditório.

A abertura da semana será no dia 11 de abril, às 8h com credenciamento.

As inscrições podem se feitas  pelo email gaia@uergs.edu.br
,diretamente na secretaria da unidade ou por meio do link a seguir:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScN3GZ_GlN9LfDYYB7miFftQ-yr6WzaMu7fMOIkKh9ZvZxerQ/viewform

PROGRAMAÇÃO

QUARTA-FEIRA, DIA 11

CREDENCIAMENTO – 8h às 8h30min. Abertura – 8h30 min às 9h

MESA 1 – 9h às 10h
Sementes Crioulas: Qual a importância das Sementes Crioulas?

MESA 2 – 10h às 11h
Movimentos Populares no Campo e autonomia da mulher camponesa: A mulher camponesa tem direito a gerenciar a remuneração do seu trabalho no âmbito da propriedade familiar?
Pausa para o almoço – 12h às 14h

MESA 3 – 14h às 15h
Sistemas de Produção Agroflorestais (SAFs): De que maneira os SAFs poderiam representar uma evolução nos sistemas agroecológicos?

MESA 4 – 15h às 16h
Tecnologias de produção agroecológica: Quais são as limitações e potencialidades do ensino da agroecologia no ensino médio?
Café e confraternização – 16h às 17h

QUINTA-FEIRA, DIA 12

MESA 1 – 9h às 10h
Educação no campo: Quais os benefícios sociais da existência de escolas no campo da agricultura familiar?

MESA 2 – 10h às 11h
Agroecologia e segurança alimentar: É possível alimentar a crescente população mundial com a produção agroecológica?

Pausa para o almoço – 12h às 14h

MESA 3 – 14h às 15h
Desafios na produção e na comercialização de produtos biológicos no Brasil: Por que os produtos biológicos são escassos no mercado brasileiro se a pesquisa nacional nesta área é de excelência?

MESA 4 – 15h às 16h
Agrobiodiversidade e Povos tradicionais: Que ações no Rio Grande do Sul poderiam fortalecer os processos de convivência dos povos tradicionais com os ecossistemas?
Café e confraternização – 16h às 17h

SEXTA-FEIRA, DIA 13

MESA 1 – 9h às 10h
Agroindústria familiar e Mercado Local: Há necessidade de criar políticas públicas municipais para as agroindústrias da agricultura familiar?
MESA 2 – 10h às 11h
Cadeias produtivas do alimento artesanal: O que é o alimento artesanal e qual a importância do amparo jurídico na legislação municipal?

Pausa para o almoço – 12h às 14h

Mini oficina – 13h15min às 14h
Abelhas nativas: Como criar abelhas nativas?
MESA 3 – 14h às 15h
Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC): O consumo de PANC constitui alternativa estratégica à mercantilização dos alimentos e às soluções biotecnocráticas associadas à lógica de privatização da biodiversidade?

MESA 4 – 15h às 16h
Formação docente em Agroecologia: Quais as competências e habilidades a serem desenvolvidas pelo educador em Agroecologia?

ENCERRAMENTO
Café e confraternização – 16h às 17h