Investir em espaços verdes pode auxiliar a transformar as cidades mais sustentáveis, resilientes, saudáveis, equitativos e agradáveis, disse a FAO, em relação ao Dia Internacional das Florestas, no dia 21 de março.

Se planejadas e bem administradas, as cidades podem ser ótimos lugares para se viver, mas muitos empreendimentos urbanos causam danos ambientais levando a problemas como altas temperaturas, inundações, e poluição do ar. Os custos para o planeta incluem o aumento das emissões de gases de efeito estufa, a degradação dos solos e cursos d’água, de acordo com a publicação florestal FAO Unasylva, cuja edição é dedicada à silvicultura urbana em comemoração ao Dia Internacional das Florestas.

“Florestas e árvores bem manejadas dentro e ao redor das cidades proporcionam habitats, alimento e proteção para muitas plantas e animais, contribuindo para manter e aumentar a biodiversidade”disse o diretor-geral da FAO José Graziano da Silva. Ele enfatizou a necessidade de “unir forças para proteger florestas e árvores para tornar os ambientes urbanos mais sustentáveis”.

Conheça algumas histórias inspiradoras clicando aqui.

Fonte: FAO