Agências da ONU lançam na terça-feira (10) relatório sobre fome e nutrição na América Latina e Caribe. Levantamento revela que, em 2016, 42,5 milhões de pessoas passaram fome na região. Número representa um aumento de 2,4 milhões. Mas os problemas nutricionais incluem também uma tendência preocupante de crescimento da obesidade e do sobrepeso. Relatório inclui dados específicos por país.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) lançam amanhã (10) um novo relatório conjunto — o Panorama da Segurança Alimentar e Nutricional na América Latina e no Caribe (2017). Levantamento revela que a fome tem aumentado preocupantemente na região. Sobrepeso também se tornou um problema. Pesquisa inclui dados específicos por país.

O Panorama destaca que, em 2016, 42,5 milhões de pessoas na região passaram fome. O número representa um aumento de 2,4 milhões. Se essa tendência continuar, será muito difícil que a região alcance o Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) de nº 2 — Fome Zero e Agricultura Sustentável. Além disso, o relatório aponta tendências preocupantes de aumento da obesidade e do sobrepeso.

O documento será apresentado em coletiva de imprensa, no escritório regional da FAO, no Chile.

Lançamento poderá ser acompanhado ao vivo pela internet. Assista clicando aqui.

Quando: terça-feira, 10 de outubro, às 10h30

Onde: Sala Pier Brunori, Oficina Regional de la FAO, Av. Dag Hammarskjöld 3241, Vitacura, Santiago, Chile.

Quem:

  • Julio Berdegué, representante regional da FAO para a América Latina e o Caribe.
  • Eve Crowley, representante regional adjunta e representante da FAO no Chile.
  • Paloma Cuchí, representante da OPAS/OMS no Chile.
  • Ricardo Rapallo, oficial de segurança alimentar para América Latina e o Caribe (por vídeo conferencia do Panamá).