Na terça-feira (29) começou o Encontro de Mulheres Indígenas no Acre, no Centro de Formação dos Povos da Floresta, na Estrada Transacreana. O evento é promovido pela Organização de Professores Indígenas do Acre (OPIAC), Associação do Movimento dos Agentes Agroflorestais Indígenas do Acre (Amaaiac) e Comissão Pró-Índio do Acre (CPI/Acre), em parceria com a Rede de Cooperação Amazônica e o governo do Estado.

Mais de 60 mulheres indígenas representantes de 25 povos, do Acre, Roraima, Amapá, Amazonas, Mato Grosso e da região de Madre de Dios (Peru), participam das atividades que vão até  esta quinta-feira (31).

O objetivo do evento é promover a troca de experiências e visões entre as mulheres indígenas e contribuir para dar visibilidade e fortalecimento à participação na vida produtiva, cultural, espiritual e política das aldeias e dos povos indígenas.

O trabalho da mulher na segurança alimentar e na gestão territorial e ambiental, foi o tema de abertura do encontro.  O debate levantou questões relacionadas às mudanças climáticas e segurança alimentar nas aldeias, às estratégias para enfrentar essa situação e ao apoio de programas e políticas públicas para garantir a segurança alimentar nas aldeias.

Aqui você pode saber mais sobre o evento.

 

Fonte: Notícias do Acre