O Rio Grande do Sul será o primeiro estado a sediar um seminário para fortalecer o desenvolvimento da agroecologia e da produção orgânica em cada uma das cinco regiões brasileiras. O encontro reunirá representantes dos três estados da Região Sul nesta quarta e quinta-feira (26 e 27 de abril),  em Porto Alegre. O Estado foi escolhido como sede pela tradição na agricultura familiar e por ser o primeiro a elaborar o Plano Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica, o Rio Grande Agroecológico.
A proposta da Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Cnapo) é promover cinco eventos, um para cada região brasileira. Participarão autoridades da área agrícola, desenvolvimento rural, meio ambiente, saúde, educação, parlamentares, gestores públicos, especialistas acadêmicos, agricultores, povos e comunidades tradicionais, agentes de assistência técnica, setor empresarial, representantes de organizações da sociedade civil e de conselhos estaduais pertinentes ao tema.