Alimentos orgânicos com preços  mais acessíveis e mais fácil de encontrar. Isso é possível. Ainda há um bom caminho a ser percorrido para que a população, em sua totalidade,  possa desfrutar de uma alimentação mais saudável, com relação ao modo de produção e com preços módicos. Atualmente podemos testemunhar diversas iniciativas, como as feiras de alimentos orgânicos que acontecem em diferentes pontos de uma mesma cidade. Para a merenda escolar, como por exemplo, na capital paulista, já são fornecidos alimentos orgânicos por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Também foram criados alguns aplicativos para celular, que indicam os locais das feiras ou  lugares, iniciativas e grupos que adotam e fomentam práticas de responsabilidade na produção e consumo.

Orgânico e Agroecologia podem ser pop.

Veja aqui o que nos conta a Ludmila Pizarro em sua matéria no jornal O Tempo, de Minas Gerais.